Lisboa (cidade, Portugal)

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

Nota(s) da fonte

Mostrar nota(s)

Termos hierárquicos

Lisboa (cidade, Portugal)

Termos equivalentes

Lisboa (cidade, Portugal)

Termos associados

Lisboa (cidade, Portugal)

101 Descrição arquivística results for Lisboa (cidade, Portugal)

101 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos

Atas da Comissão Organizadora do I Congresso da Igreja, Católica, Apostólica, Evangélica

Série composta plas atas da Comissão organizadora do primeiro congresso da Igreja Lusitana, com sede em Lisboa e nomeada pela Comissão Permanente. Era composta por Belarmino Vieira Barata (presidente), Leopoldo Figueiredo, Josué Ferreira de Sousa Júnior, Liberto Figueiredo Franco e A. Pinto Ribeiro Júnior.
Esta comissão trataria dos seguintes assuntos: cargos, despesas de viagens, data do congresso, receção e abertura, romagem às sepulturas de alguns pioneiros da Igreja Lusitana, sessões de trabalhos, encerramento; pensão e alojamento para delgados; regulamentos do congresso, publicação.

Comissão Organizadora do Primeiro Congresso da Igreja Lusitana. 1938-1939

Atas da Comissão Permanente da Diocese de Lisboa. 1ª parte

Livro de atas das sessões da Comissão Permanente da Diocese de Lisboa: propostas para a Comissão Permamente; regulamento interno provisório; apresentação de modelo de livro de registo paroquial; eleição de Diogo Cassels ao diaconato; eleições; ordenação de Augusto Nogueira; preparação de um resumo oficial da História da Igreja Lusitana; Livro de Oração Comum;

  • Bispo eleito;
  • Construção de templos;
  • Relatórios;
  • Missões;
  • 1º Congresso da Igreja Lusitana;
  • Fundos da Igreja;
  • Estatutos do Sínodo Geral;
  • Ordenações.

Atas das reuniões da direção da secção de cultura cinematográfica

Livro de atas da direção da Associação de Renovação Cristã, secção de cultura cinematográfica com a apresentação de prestação de contas e listas de filmes. A secção de cultura cinematográfica, da Associação de Renovação Cristã, foi criada em 1950 por Leopoldo Figueiredo, composta pelo presidente,1 secretário e três vogais.

Capela da Propagação Evangélica

  • PT ILCAE CPEJ
  • Fundo
  • 1837-1912-03-13

Fundo de pequenas dimensões composto por livros de registos de casamentos e batismos.

Capela da Propagação Evangélica. 1839-1870

Comissão Permanente

A Comissão Permanente era eleita pelo Sínodo Geral (Regulamento Geral, artigo 18º) para apoiar os Bispos no cuidado dos interesses gerais da Igreja Lusitana. Foi presidida pela primeira vez pelo Bispo Riley, do Vale do México. Era composto pelo presidente, um secretário, ministros da Igreja e seculares.
Na ata de fundação de 8 de março de 1880 estiveram presentes:

  • Presidente: Bispo Riley do Vale do México
  • Reverendo João Joaquim da Costa Almeida (igreja da Santíssima Trindade)
  • Francisco Rodrigues Lobo, representante da igreja da Santíssima Trindade
  • Reverendo José Nunes Chaves (igreja da igreja da rua de S. Marçal)
  • José Gregório Bauduin, representante da igreja da rua de S. Marçal
  • Reverendo Cândido Joaquim de Sousa (igreja de S. Paulo)
  • João Gualberto de Araújo, representante da igreja de S. Paulo

Comissão Permanente. 1880-

Conferência Episcopal

O Bispo D. António Ferreira Fiandor proferiu, em 25 de Novembro de 1958, no salão paroquial da igreja de S. Pedro em Lisboa, uma exposição episcopal que repetiu na reunião do clero do norte, em 16 de Dezembro de 1958, com os seguintes assuntos:

  • Confirmações
  • Comunicações oficiais
  • Ausências pastorais da paróquia
  • Estatística Diocesana
  • Juntas Paroquiais (Cânone III)

Constituição, organização e regulamentação

A paróquia de S. Paulo, tal como as outras paróquias da Igreja Lusitana, é regida pelos Cânones e Regulamento Geral. Em 1912, por imposição legislativa (Lei da separação da Igreja do Estado de 20 de Abril de 1911), procedeu à redação dos Estatutos da Igreja Lusitana Evangélica de S. Paulo em que passa a designar-se como Corporação Cultual. No entanto, a nível administrativo manteve a sua organização original.

Correspondência recebida

  • PT ILCAE IJ/JP/CR/002
  • Documento composto
  • 1941-1942-08-03
  • Parte de Igreja de Jesus

Correspondência recebida pela Junta Paroquial da Igreja de Jesus.

Documentos de relação de alunos e quotidiano do colégio

Documentos diversos da Escola Evangélica Lusitana (Colégio Evangélico Lusitano): grupo dos antigos alunos do colégio (relatório de contas do ano de 1946); relação dos alunos propostos a exame da 4ª classe 1964-1965; relação dos alunos matriculados 1963-1964; festa de natal, festa das colheitas, donativos e faturas.

Documentos para a instituição a diácono de Belarmino José Vieira Barata

Documentos para a instituição a diácono de Belarmino José Vieira Barata:carta de pregador licenciado; certidão de assento de batismo; atestado de habilitações teológicas, concedido pelo Bispo-eleito da Igreja Lusitana Joaquim dos Santos Figueiredo, necessárias para ser admitido a diácono; declaração formal de obediência canónica; declaração formal de crença nas sagradas escrituras; SIQUIS; certidão da Junta Paroquial da Igreja de Jesus; carta testemunhal; proposta da Junta Paroquial da Igreja de Jesus; atestado da Junta Paroquial da Igreja de Jesus; Carta do Sínodo da Junta Paroquial da Igreja de Jesus.

Igreja Lusitana, Católica, Apostólica, Evangélica (Diocese)

  • PT ILCAE DIO
  • Fundo
  • 1878-2013

O fundo da Diocese da Igreja Lusitana é composto pelas seguintes secções: Secção SD: Sínodo Diocesano; Secção CP: Comissão Permanente; Secção BISP: Bispos; Secção RH: Recursos Humanos; Secção RIG: Relações com outras igrejas; Secção GF: Gestão Financeira; Secção GP: Gestão do Património; Secção RIG: Relações com outras igrejas; SF AS: Arciprestado do Sul

Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica (Diocese). 1880-

Igreja Lusitana, Católica, Apostólica, Evangélica. Comissão organizadora do Congresso de 1939. Atas Livro nº 2

Livro nº 2 de atas da Comissão Organizadora do Primeiro Congresso da Igreja Lusitana com os seguintes assuntos: propaganda, redatores de notícias, ensaios do coro, reuniões, expediente geral, programa, comissão de honra, exposição na sala dos escuteiros do convento dos Marianos, excursão.

Joaquim dos Santos Figueiredo

Joaquim dos Santos Figueiredo foi um clérigo católico romano que em 1898 aderiu à Igreja Lusitana.
Percurso religioso:

  • Em 1922 o Sínodo elege-o bispo da Igreja Lusitana, tornando-se no primeiro bispo não sagrado. Foi um dos presbíteros mais prestigiados da Igreja e presidente do Sínodo, sendo o primeiro bispo não eleito da Igreja Lusitana. dirigiu o Colégio Lusitano (anexo à igreja de S. Paulo, em Lisboa), onde foi também presbítero.

Jornal do I Congresso da Igreja Lusitana

Número único dedicado ao I Congresso da Igreja Lusitana com o seguinte conteúdo: a aurora do evangelho na lusitânia, por A. Pinto Ribeiro; o primeiro congresso da Igreja Lusitana como meio de despertamento de novas energias, por Leopoldo de Figueiredo; razão de ser; origem do culto dos santos, por J. Santos Figueiredo; primeiro congresso da Igreja Lusitana, por Belarmino J. Vieira Barata; excursão a Sintra e Cascais; o valor espiritual que pode ter o nosso congresso, por Josué Ferreira de Sousa Júnior; algumas características da prmitiva Igreja Lusitana; lista de congressistas inscritos; esclarecimentos aos congressistas da província.

Júlio Bento da Silva. [18??]-1937

Percurso religioso:
Júlio Bento da Silva aderiu à Igreja Lusitana em 1902 onde foi aluno do Curso Teológico do Dr. Harden, na Paróquia do Salvador do Mundo. Em 1907 foi instituído diácono, em 1911 foi ordenado presbítero da Congregação da Santíssima Trindade em Rio de Mouro, Sintra. Depois da Igreja de Jesus ser reconstituída como missão, reorganizando-se de novo como paróquia em 1909, então na Rua do Rato, ficou sob a liderança do Rev. Júlio Bento da Silva, que a dirigiu até à sua morte, em 1937.

Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica (Diocese). 1880-

Resultados 1 a 30 de 101