Sínodo Diocesano. 1880-

Zona de identificação

tipo de entidade

Entidade coletiva

Forma autorizada do nome

Sínodo Diocesano. 1880-

Forma(s) paralela(s) de nome

Forma normalizada do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

datas de existência

1880-03-08

história

Um sínodo historicamente é um conselho de uma igreja, geralmente convocada para decidir uma questão de doutrina ou administração. Também é usado às vezes para se referir a uma igreja que é governada por um sínodo.
Segundo o Regulamento Geral da Igreja Lusitana de 1880, cada diocese deveria ter o seu Sínodo. Na realidade, a Igreja Lusitana apenas dispõe de uma diocese, atualmente sediada em Vila Nova de Gaia.
Os sínodos diocesanos são convocados pelo Bispo em sua diocese e consistem em clérigos eleitos e membros leigos: composto de dois representantes de cada paróquia, eleitos pela Junta Paroquial (um ministro e um secular). Presidido pelo bispo ou por representante por ele nomeado e só na falta destes seria eleito, entre os componentes do Sínodo, o seu presidente. O Sínodo Diocesano reuniria anualmente.

Locais

status legal

funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Regulamento Geral
Cânones da Igreja Lusitana

Estruturas internas/genealogia

contexto geral

Área de relacionamento

Área de pontos de acesso

Ocupações

Zona do controlo

Identificador do registo de autoridade

SD

Identificador da instituição

PT/ILCAE

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão ou eliminação

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

  • latim

Fontes

PEIXOTO, Fernando (2001). Diogo Cassels. Uma vida em duas margens, Vila Nova de Gaia: Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Notas de manutenção

  • Área de transferência

  • Exportar

  • EAC