Mostrar 230 resultados

Descrição arquivística
Texto
Opções de pesquisa avançada
Previsualizar a impressão Hierarchy Ver:

230 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Relatórios da Igreja Lusitana 1897-98_5ª parte

Continuação dos relatórios: Igreja do Redentor (relatório de 1898), Junta Paroquial (1899), Igreja do Bom Pastor - 1898 - batismos, casamentos, enterros, receita e despesa, Escola do Bom Pastor (1898), Capela e Colégio da Santíssima Trindade em Rio de Mouro (relatório de 1897-98), Missão e Colégio da Igreja Lusitana em Setúbal (1897-98).

Relatórios da Igreja Lusitana 1899-1903_3ª parte

Continuação dos relatórios: relatório da Escola do Torne, Resumo da receita e despesa da Sociedade Evangélica de Socorros Mútuos em Vila Nova de Gaia, Fundo dos pobres, carta aos irmãos da Congregação de S. João Evangelista.

Relatórios da Igreja Lusitana 1904-1905_2ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1904-1905_2ª parte: Igreja de S. Paulo - junta paroquial 1906, fundo paroquial 1904-1905, fundo dos pobres, contribuintes 1905; Igreja de S. João Evangelista - junta paroquial 1906, fundo paroquial 1904, contribuintes 1905.

Relatórios da Igreja Lusitana 1906_2ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1906_2ª parte: contribuintes do fundo paroquial de 1906; fundo dos pobres; Igreja de S. João Evangelista - junta paroquial 1907; Escola do Torne; Movimento da Igreja de 1906; receita e despesa; Sociedade Evangélica de Socorros Mútuos de Gaia.

Relatórios da Igreja Lusitana 1906_3ª parte

Relatório da Igreja Lusitana 1906_3ª parte: continuação do relatório da igreja do Redentor - lista de contribuintes, fundo paroquial, fundo dos pobres, fundo das escolas, fundo para a casa nova (Frederic Flower); igreja do Bom Pastor - fundo paroquial; Liga do Bom Pastor, de Missões Evangélicas do Norte de Portugal: receita de 1901 a 1906; Missão de Guimarães; Missão de Viana do Castelo; igreja da Santíssima Trindade - gerentes para 1907.

Relatórios da Igreja Lusitana 1906_4ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1906_4ª parte: Igreja Santíssima Trindade - contribuintes 1906; fundo paroquial 1906; fundo dos pobres 1906; Igreja do Salvador do Mundo: junta paroquial 1907; fundo paroquial 1906; Missão e Colégio de Setúbal: relatório; contribuintes 1906.

Relatórios da Igreja Lusitana 1907_2ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1907_2ª parte: contribuintes do fundo paroquial da Igreja de S. Paulo 1907, fundo paroquial 1907, fundo dos pobre de 1907; Igreja de S. João Evangelista - junta paroquial 1908, carta aos membros, relatório da Escola do Torne 1907, fundo paroquial 1907, sociedade Evangélica de Socorros Mútuos - receita e despesa de 1907.

Relatórios da Igreja Lusitana 1907_3ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1907_3ª parte: Igreja Santíssima Trindade - gerentes 1908, fundo paroquial 1907, fundo dos pobres de 1907; Igreja do Salvador - junta paroquial 1908, fundo paroquial 1907; Igreja do Espírito Santo - Junta Paroquial 1908, contribuintes 1907, fundo paroquial 1907.

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_2ª parte

Relatório da Igreja Lusitana 1908_2ª parte: Igreja de S. Pedro - Junta para 1909; contribuintes fundo paroquial 1908; fundo dos pobres 1908; Igreja de S. João Evangelistas - gerentes para 1909; movimento paroquial; relatórios das escolas do Torne e do Prado - ginástica e exercício militar, instrução secundária.

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_3ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_3ª parte: fundo paroquial de 1908 da igreja de S. João Evangelista; Sociedade Evangélica de Socorros Mútuos de Gaia - receita e despesa e nomeação de informadores para 1909; Igreja do Redentor - gerentes para 1909; contribuintes do fundo paroquial 1908; fundo dos pobres 1908; obras extraordinárias; fundo das escolas 1908; fundo da casa nova 1908; Igreja do Bom Pastor - Junta Paroquial 1909, com referência à Missão da Madalena e à Missão de Guimarães.

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_4ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_4ª parte: visita de D. Juan Cabrera, da Igreja Episcopal Reformada de Espanha; União Feminina; Legado de António Maria Candal; União Feminina; fundo dos pobres 1908; Missões do Bom Pastor (Guimarães e Madalena); Escola do Bom Pastor - Candal - receita e despesa; Igreja da S. Trindade - encerramento temporário da escola anexa; fundo paroquial, fundo dos pobres; Igreja do Salvador do Mundo - junta paroquial 1908, fundo paroquial; Igreja do Espírito Santo - gerentes para 1909.

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_5ª parte

Relatórios da Igreja Lusitana 1908_5ª parte: igreja do Espírito Santo - contribuintes, fundo paroquial, donativos especiais, fundo dos pobres; Missão de Oliveira do Douro; instalação do colégio lusitano - aluguer da sala

Relatórios da Igreja Lusitana 1909_2ª parte

Continuação dos relatórios de 1909: igreja de S. Pedro - Lisboa - escola para crianças, por Josué Silva; fundo paroquial de 1909; Igreja de S. João Evangelista - gerentes para 1910; relatório das escolas do Torne e do Prado.

Relatórios da Igreja Lusitana 1909_3ª parte

Continuação dos relatórios de 1909: igreja de S. João Evangelista - fundo paroquial; Sociedade Evangélica de Socorros Mútuos; igreja do Bom Pastor - junta paroquial para 1910; fundo paroquial, fundo dos pobres e fundo da Missão da Madalena; Igreja do Redentor - junta paroquial para 1910 - Frederico Flower.

Relatórios da Igreja Lusitana 1909_4ª parte

Continuação dos relatórios de 1909: igreja do Redentor - contribuintes do fundo paroquial; igreja da Santíssima Trindade - Rio de Mouro - fundo paroquial e fundo dos pobres; igreja do Espírito Santo - gerentes para 1910; contribuintes para o fundo paroquial - listagem; Missão de Oliveira do Douro - comissão administrativa para 1910.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1880

Relatórios da Igreja Lusitana de 1880: é o primeiro de Vila Nova de Gaia. Definição e organização da Igreja, Congregação de Vila Nova de Gaia, receitas e despesas do fundo paroquial, Liga Evangélica de Socorros aos Pobres e doentes da Gaia em 1880, agradecimentos.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1882

Relatórios da Igreja Lusitana de 1882: Rio de Mouro (eleições), Igreja de S. Paulo, Igreja de Jesus, Igreja de S. Pedro, Igreja do Torne, fundos paroquiais, aulas, receitas e despesas, Regulamento Geral da Igreja e Cânones.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1883

Relatórios da Igreja Lusitana de 1883: Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro), gerentes para 1884; S. Paulo, gerentes para 1884; Igreja de Jesus (S. Marçal), gerentes para 1884; Igreja de S. Pedro, gerentes para 1884; Igreja Lusitana do Torne - Festa das Colheitas, escolas diárias, escolas noturnas, escola dominical, estudo de música, Sociedade de Socorros Mútuos, junta eleita para 1884, representantes do Sínodo, professoras e mestra infantil; Capela do Redentor (Porto); fundos paroquiais - receitas e despesas; quotas dos congregados da Igreja Lusitana; Igreja evangélica de S. Lázaro (Porto) - receitas e despesas; contribuintes da Igreja; Carta dirigida ao secretário do Sínodo da Igreja Lusitana, por Lord Plunket, bispo de Meath.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1884

Relatórios da Igreja Lusitana de 1884: Sínodo; quantias reunidas pelas juntas paroquiais; Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro); Igreja de S. Paulo, gerentes para 1885; Igreja de Jesus, gerentes para 1885; Igreja de S. Pedro, gerentes para 1885; Igreja Lusitana - Torne, Festa das Colheitas, escola dominical, liberdade de culto, fundo dos pobres, Sociedade de Socorros, escolas diárias, receitas e despesas, junta de 1885, informações e conselhos à congregação; Capela do Redentor (Porto); fundos paroquiais; contribuintes da Igreja.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1885

Relatórios da Igreja Lusitana de 1885: Comissão Permanente Diocesana; movimentos das congregações; Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1886; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1886; Igreja de Jesus - gerentes para 1886; Igreja de S. Pedr - , gerentes para 1886; Igreja Lusitana - Torne, coro evangélico, Festa das Colheitas, distribuição de prémios, banco de artistas, fundo dos pobres, Sociedade de Socorros, receitas e despesas.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1886

Relatórios da Igreja Lusitana de 1886: Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1887; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1887; Igreja de Jesus - gerentes para 1887; Igreja de S. Pedro - gerentes para 1887; Igreja Lusitana - Torne - gerentes para 1887, aula diária, aula noturna, Festa das Colheitas, coro evangélico, escola dominical, fundo dos pobres, Sociedade de Socorros, festa escolar; Capela do Redentor.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1887

Relatórios da Igreja Lusitana de 1887: Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1888; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1888; Igreja de Jesus - gerentes para 188; Igreja de S. Pedr - , gerentes para 1888; Igreja Lusitana - Torne - gerentes para 1888, aula diária, instrução secundária, Festa das Colheitas, coro evangélico, escola dominical, fundo dos pobres, receitas e despesas, coletas especiais, banco de artistas, Sociedade de Socorros, festa escolar.
Exemplar assinado por Diogo Cassels.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1888

Relatórios da Igreja Lusitana de 1888: Resoluções adotadas na reunião dos Bispos de Irlanda, em 19 de fevereiro de 1889, Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1889; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1889; Igreja de Jesus - gerentes para 1889; Igreja de S. Pedro - gerentes para 1889; Igreja Lusitana - Torne - gerentes para 1889, aula diária, instrução secundária, Festa das Colheitas, relógio grande da torre, coro evangélico, cultos divinos, banco de artistas.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1889

Relatórios da Igreja Lusitana de 1889: jornal "A Reforma" - Guilherme Dias, Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1890; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1890; Igreja de Jesus - gerentes para 1890; Igreja de S. Pedro - gerentes para 1890; Igreja Lusitana - Torne - gerentes para 1890, aula diária, instrução secundária, Festa das Colheitas, relógio grande da torre, coro evangélico, cultos divinos, banco de artistas, receitas e despesas, gabinete de leitura, distribuição da sopa económica, reunião de costura para mães, festa escolar, conferência sobre o purgatório.

Relatórios da Igreja Lusitana de 1890

Relatórios da Igreja Lusitana de 1890: Sínodo, Colégio Lusitano, Congregação da Santíssima Trindade (Rio de Mouro) - corpos gerentes para 1891; Igreja de S. Paulo - gerentes para 1891; Igreja de Jesus - gerentes para 1891; Igreja de S. Pedro - gerentes para 1891; Igreja Lusitana - Torne - gerentes para 1891, membros comungantes e à prova, Sociedade de Socorros, fundo dos pobres, Festa das Colheitas, coro evangélico, cultos divinos, banco de artistas, escola noturna, receitas e despesas, gabinete de leitura, festa escolar, sopa económica. Capela do Redentor - escola diária, organista; Igreja do Bom Pastor (Candal) - membros da junta, escola do sexo feminino e masculino, escola noturna para adultos; fundos paroquiais das igrejas.

Resultados 181 a 210 de 230