Mostrar 42 resultados

Descrição arquivística
Igreja Lusitana, Católica, Apostólica, Evangélica (Diocese) Série
Previsualizar a impressão Hierarchy Ver:

[Cópia de agenda da Comissão Permanente]

Cópia de agenda da Comissão Permanente com os seguintes assuntos: entidades a saudar (Arcebispo de Armagh); anulação de matrimónios; observações do bispo; organização diocesana, reforço e desenvolvimento; projeto de organização eclesiástica da Igreja Lusitana; projeto dos estatutos; agenda reunião sinodal de 13 a 15 de Feveriro de 1972.

[Atas da Comissão de Legalização das propriedades legadas por Diogo Cassels]

Atas da Comissão de legalização das propriedades legadas às igrejas do Torne e do Prado, pelo reverendo Diogo Cassels, foi nomeada pela Comissão Permanente da Igreja Lusitana: André Cassels, Frederico Flower, Augusto da Costa Pereira, membro da Junta Paroquial, António Ferreira Fiandor (secretário da comissão).

Regulamentos Gerais da Igreja Lusitana

Contém todos os artigos referentes à constituição, organização e administração da Igreja Lusitana.
Regulamento interno da Igreja Lusitana: dos órgãos da Igreja Lusitana; do conselho de bispos (Bispo de Armagh; Bispo da Igreja Episcopal dos Estados Unidos; um Bispo da Igreja de Inglaterra; Bispo da União de Utrecht; Bispo de Libombos; Bispo da Igreja Filipina Independente; Primaz da Igreja Episcopal do Brasil; Bispo da Igreja Espanhola Reformada Episcopal; Bispo da Igreja Lusitana); funções do Bispo Diocesano; da Comissão Permanente; do Secretário-Geral; do Tesoureiro-Geral; da Comissão Administrativa; de comissões e secretariados; dos arciprestes; dos capítulos; dos párocos; de membros das paróquias; dos representantes seculares; da junta paroquial; da assembleia eleitoral; dos coadjutores e ministros auxiliares; do clero; dos candidatos às sagradas ordens; dos leitores; do culto público e a administração dos sacramentos; de cerimónias e vestes litúrgicas.

Propostas para leitores licenciados da Igreja Lusitana

Propostas para leitores licenciados da Igreja Lusitana, referentes a Aires Serrano e Silva, José Marques Serrano, António de Almeida Barros, Joaquim Pereira de Pina Cabral, Júlio da Silva Coelho, Jorge dos Santos Piedade, Paulo Aires da Silva Pires, Armando Constantino Correia, Fernando dos Santos Varandas Gallas, David Rodrigues Pereira, José Augusto Gomes dos Santos.
Documentos: requerimento para admissão de ministro da Igreja, declaração de crenças nas Sagradas Escrituras, declaração de obediência canónica, atestado da junta paroquial, SIQUIS, certidão de atestação de ordenação.

Programa do II Congresso da Juventude Evangélica Portuguesa

Documentação do II Congresso da Juventude Evangélica Portuguesa: programa, correspondência recebida, comunicação apresentada no congresso, discruso de boas-vindas, recortes de jornais (A Voz do Operário, O Século, Diário de Notícias, Primeiro de Janeiro, Diário de Lisboa, Diário Popular, Novo Mensegeiro, O Semeador Baptista, Portugal Novo(números completos nº 416 de junho de 1950 e nº 427 de maio de 1951)); lista das conclusões do congresso, de delegados, orçamento.

Processos de ordenação e instituição de ministros da Igreja Lusitana

Os processos de ordenação de diáconos e presbíteros da Igreja Lusitana são constituídos pelos documentos seguintes:
1 - Certidão de batismo
2 - Atestado de ciência competente de estudos teológicos, passado pelo Bispo ou por ministros por ele autorizados
3 - "Siquis" que deverá ser lido a um domingo no serviço divino na igreja a que pertencer o candidato. A leitura desse aviso deverá ser certificada pelo respetivo ministro e por um membro da Junta
4 - Carta testemunhal assinada por 3 ministros da Igreja Lusitana, em atividade
5 - Atestado da Junta Paroquial da Congregação a que pertence (Constituição art. XXVII)
6 - Declaração formal da crença nas Sagradas Escrituras e obediência canónica
7 - Recomendação da Junta Paroquial ao Sínodo Diocesano ou Comissão Permanente Diocesana (artigo XXVI)
8 - Recomendação do Sínodo Diocesano ao Bispo
9 - Carta de Apresentação a uma capela como ministro ou coadjutor

Processo de correspondência recebida e enviada

Processo de correspondência recebida e enviada por Daniel de Pina Cabral, Armando Pereira de Araújo e António Ferreira Fiandor com o Brasil (Igreja Episcopal Brasileira, Confederação Evangélica do Brasil); Diocese dos Libombos (Bishop John Boys, Archdeacon Lebombo Francis Boatwright); Missão Anglicana de S. Agostinho de Maciéne; Estados Unidos da América (Bishop Norman B. Nash, Reverend Edmund W. Olifisrs, Reverend Stephen E. Kerler, Comitee on World relief and Church Cooperation); Inglaterra (Reverend F. W. Gilpin of the Granworth Rectory, London College of Divinity); Bishop of Gibraltar reverend C. D. Horsley; Irlanda (Richard Randall Hartford); Igrejas Velho-Católica da Alemanha, Suiça, Suécia e Holanda.

Livro de autógrafos do 1º e 2º congressos de Juventude Evangélica

Livro de registo de autógrafos do 1º e 2º congresso da Juntude Evangélica Portuguesa, com autógrafos com datas posteriores. Contém autógrafos de personalidades nacionais, como António Ferreira Fiandor e Joaquim dos Santos Figueiredo, e personalidades estrangeiras como Borges dos Santos, ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil, professor Demetrio Nalda Domínguez, União Cristã de jovens de Madrid.

Fundo Central do Sínodo

No Sínodo de 16 de Novembro de 1933 foi deliberado que todas as congregações e missões da Igreja Lusitana deveriam recolher colectas especiais, nos cultos dominicais, no mês de outubro de cada ano, destinadas ao Fundo Central do Sínodo.
Este Fundo foi criado para responder às necessidades das despesas com as reuniões Sinodais e da Comissão Permanente. Tinha à sua guarda o Fundo Pastoral do Sínodo, Fundo Pastoral da Igreja de S. João Evangelista, Fundo Pastoral da Igreja Lusitana do Redentor e o Fundo Pastoral da Igreja de S. Paulo, conforme deliberação de reunião sinodal de Junho de 1943.

Resultados 1 a 30 de 42