Associação dos Antigos Alunos das Escolas do Torne e do Prado. 1935-1980

Zona de identificação

tipo de entidade

Entidade coletiva

Forma autorizada do nome

Associação dos Antigos Alunos das Escolas do Torne e do Prado. 1935-1980

Forma(s) paralela(s) de nome

Forma normalizada do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

AAAETP

área de descrição

datas de existência

1935-07-06-1980

história

A grave situação financeira que as escolas do Torne e do Prado enfrentavam na década de 1930, levaram um grupo de antigos alunos à organização de uma associação destinada a angariar fundos para ajudar a manutenção das escolas e dar auxílio moral aos seus diretores e professores. Os seus fundadores foram: Manuel Teixeira de almeida, Manuel Pereira de Pina Cabral, Joaquim Pereira de Pina Cabral, Vitor Nunes de Almeida Pinheiro, Joaquim Moreira, Henrique da Costa Pereira, Custódio dos Santos, António Rocha e Alexandre Rodrigues Fernandes.
A reunião consituinte da Associação teve lugar em Vila Nova de Gaia a 6 de Julho de 1935, sendo os seus primeiros atos uma romagem ao túmulo de Diogo Cassels e um jantar público para apresentação da associação de antigos alunos, uma das primeiras do género a fundar-se no país.
Associação destinada ao auxílio às escolas fundadas por Diogo Cassels, instrução primária gratuita, auxílio às crianças pobres, cantina beneficente, cursos nocturnos para analfabetos e instrução secundária.
Fins da Associação:
1.º Prestar auxílio às escolas do Torne e do Prado;
2.º socorrer as crianças pobres que frequentem a escola;
3.º empregar os meios necessários para pôr em contacto os antigos alunos, estimulando o auxílio mútuo entre eles;
4.º Promover o desenvolvimento intelectual dos seus sócios;
5.º Estabelecer prémios a distribuir pelos alunos das Escolas do torne e do Prado;
A associação mantém absoluta neutralidade política e religiosa. Em caso algum poderá a Associação prestar auxílio pecuniário a qualquer dos associados ou a estranhos.
Em 1956, a associação contava cerca de dois milhares de inscirtos, dos quais 650 pagavam quotização regularmente; a partir dos finais da década de 1970, todavia entrou em declínio, acabando por ficar inativa e extinguir-se abos depois.

Locais

Vila Nova de Gaia (cidade, Portugal)

status legal

Estatutos
(Arquivo Distrital do Porto, cota: C/4/4/3-165 http://pesquisa.adporto.pt/details?id=1234139)

funções, ocupações e atividades

A AAAAETP desenvolveu as suas funções apoiando financeiramente o trabalho das escolas, prestando ajuda aos alunos de menores recursos, custeando cursos noturnos, un órfeão e o consultório médico, promovendo festas e passeios escolares, etc.

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

contexto geral

Área de relacionamento

Zona do controlo

Identificador do registo de autoridade

AAAETP

Identificador da instituição

PT/ILCAE

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Preliminar

Nível de detalhe

Parcial

Datas de criação, revisão ou eliminação

20.08.2015 (AV);

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

  • latim

Fontes

SILVA, António Manuel S. P.; AFONSO, José António (2015). Associação das EScolas do Torne e do Prado. Educar, servir e incluir, Vila Nova de Gaia: Associação das Escolas do Torne e do Prado.

Notas de manutenção